Embora haja 70 milhões de jogadores no Brasil, segundo pesquisa da Newzoo, os games ainda sofrem com um certo preconceito, alimentado principalmente pela falta de informação sobre o assunto. Com esse pensamento em mente que surgiu a Go for Gaming, uma iniciativa que reúne profissionais de diversas áreas da indústria dos jogos, como atletas de esports e celebridades de todo o Brasil.

Criada este ano, a GFG luta pela causa gamer a fim de informar e dar mais visibilidade e reconhecimento ao cenário dos jogos. Entre os seus objetivos, está o de defender os esports como modalidade esportiva.

Segundo Leo De Biase, CEO da ESL Brasil, uma das principais organizadoras de competições eletrônicas do país, o projeto é de suma importância para a comunidade.

“É de extrema importância quebrar os paradigmas e preconceitos que cercam a comunidade gamer e, mais ainda, lutar diariamente pelo combate ao cyberbullying.”

Além da conscientização, a iniciativa conta com uma campanha beneficente que visa ajudar na educação de crianças e jovens, principalmente. Este ano, a maior beneficiada será a Liga Solidária, uma ONG que atende mais de 10 mil pessoas por ano e desenvolve um amplo trabalho social na cidade de São Paulo.

Diversos nomes do cenário gamer já adotaram a causa, como os atletlas Lincoln “fnx” Lau e Bruno “bit” Fukuda, os narradores Bernado “BiDa” Moura e William “GORDOx” Lemos, e a última adição de peso, o bicampeão mundial de CS:GO Marcelo “coldzera” David.

Para fechar a campanha com chave de ouro, Go for Gaming fará um evento comemorativo no dia 22 de dezembro, no Ginásio Mauro Pinheiro, em São Paulo. A cerimônia contará com atividades relacionadas a jogos de Battle Royale e FPS (first person shooter).

Para mais detalhes e informações, visite o site oficial: http://goforgaming.com.br/



Autor

Jogador de CS desde a versão 1.0, quando ainda podíamos dirigir um tanque na cs_siege e percorrer o mapa todo pulando sem perder velocidade.

Deixe seu comentário