Nesta terça-feira (21), a Gambit Esports emitiu um comunicado falando sobre a suspensão de sua equipe principal de CS:GO. A mesma iria disputar o qualificatório fechado da CIS Minor, após bom desempenho nos jogos de Copenhagen, em 2019.

Leia também:

Entenda o caso

A equipe principal da Gambit não atua desde Fevereiro, quando perdeu sua última partida oficial na temporada por 2 a 1, contra a Epsilon, nas semifinais do terceiro qualificatório da ECS Season 7 Challenger Cup. Desde então, Vladslav “bonik” Nechporchuk deixou a organização e foi para a Winstrike, enquanto que Sergey “Ax1Le” Rykhtorov esteve atuando na line-up secundária, a Gambit Youngsters.

Agora, foi relevado pela organização que a equipe principal estará “suspensa” até o final do ano. Entretanto, a Gambit ainda tem planos para continuar com o projeto e está disponível para discutir transferências de seus jogadores.

Konstantin Pikiner, Chefe Oficial Gaming da Gambit, explicou a decisão com a falta de candidatos em potencial para a equipe. Confira a nota emitida através do Twitter da organização:

Além disso, a Gambit colocou à disposição de outras organizações os seguintes jogadores da equipe principal:

  • Russia Mihail DosiaStolyarov
  • Kazakhstan Rustem mou Telepov
  • Russia Nikolay mir Bityukov

Enquanto isso, a organização será representada pela sua equipe secundária, a Gambit Youngsters. A mesma recebeu um convite para a disputa do CIS Minor Closed Qualify após um bom desempenho em Copenhagen em 2019. A situação de Ax1Le ainda não está definida, mas ao que tudo indica ele deve se juntar a equipe, uma vez que, o mesmo esteve treinando com a Youngsters, mas nada oficializado.

Sendo assim, a Gambit Esports será representada pelos seguintes jogadores:

  • Russia Dmitry sh1ro Sokolov
  • Russia Timofey interz Yakushin
  • Russia Daniil Porya Poryadin
  • Russia Vladislav nafany Gorshkov
  • Estonia Anton supra Tšernobai
  • Russia Sergey Ax1Le Rykhtorov (stand-in)

O CIS Minor Closed Qualify será parte das qualificatórias para a StarLadder Berlin Major 2019, segundo mundial do ano e terá uma premiação de US$1.000.000. Em Katowice, a Astralis conquistou o primeiro major na Polônia, no IEM Katowice.

Deixe seu comentário