O elenco da MIBR estreou contra a Natus Vincere na BLAST Pro Series Moscou em uma MD1 disputada no mapa Train. Essa foi também a estreia de kNg pelo elenco brasileiro.

O torneio está sendo disputado em Moscou, na Rússia, com 6 equipes competindo pela premiação total de 250 mil dólares além de pontos na temporada, que culminará com a final global da BLAST, a ser disputada no Bahrein, em dezembro, com 500 mil dólares de premiação.

Leia também:

Começo interessante para os brasileiros na BLAST

A MIBR iniciou no lado CT do mapa e tinha a pressão de enfrentar a NaVi jogando em casa. Após perder 3 rounds em sequência (0-3), o quarto ponto foi decidido em um round absurdo de fer, que com a awp, fez 4 eliminações e garantiu o primeiro ponto dos brasileiros.


Com a derrota na rodada anterior, a NaVi foi obrigada a fazer um forçado com diferentes armas. Mesmo assim, a MIBR diminuiu para 3-2 a desvantagem, fazendo um início equilibrado contra a NaVi. Ao perder o forçado, a equipe russa/ucraniana levou o empate em 3-3 ser toda eliminada em um round limpo da MIBR.

A virada dos brasileiros veio depois de 3 kills importantes de fer com a sua M4A4, que destruiu o ataque da NaVi na ligação TR, deixando o placar em 4-3.


O elenco brasileiro continuou se impondo e abriu 5-3, minando bastante a economia dos russos, que tinham dificuldades em fazer as suas estratégias no lado TR do mapa.


A MIBR fez 6-3 e jogou muita pressão em cima da NaVi. Porém, eles conseguiram diminuir a vantagem no round seguinte, depois de garantirem uma entrada no bombsite B, até antes, não sendo explorado pelo elenco. No round seguinte, o time verde e amarelo fez a primeira eliminação, o que dificultou o domínio de mapa da NaVi. Com isso, os brasileiros, em uma boa atuação de FalleN, fizeram 7-4.


Com FalleN e fer tendo uma atuação muito forte, o final da primeira metade foi dominado pela MIBR, que fechou a parcial pelo placar de 11-4. O elenco mostrou, até este momento, uma enorme mudança no estilo de jogo, com um CT muito bem encaixado.


Já na troca de lados, o pistol round não foi muito bom para os brasileiros novamente, que acabaram perdendo depois de uma defesa bem executada pela NaVi.

O time russo seguiu pontuando e diminuiu desvantagem para 11-7, mas a MIBR, em uma entrada rápida no bombsite B, abriu 12-7, em seu primeiro ponto de TR.


No vigésimo segundo round, a MIBR acabou sofrendo eliminações importantes no início, mas não desistiu e depois de virar o jogo, deixou FalleN em situação de clutch contra s1mple. Com a bomba plantada, o ucraniano precisava vencer para seguir pressionando a MIBR no placar, no entanto, o Verdadeiro mostrou a força de sua experiência e garantiu o round (13-9).


Em seguida, a MIBR novamente conquistou o ponto depois de uma entrada rápida no bombsite A, forçando os russos a guardarem seus armamentos (14-11).


Mesmo com a NaVi pressionando e fazendo 12 pontos, a MIBR reecontrou o caminho da vitória. Com duas eliminações importantes de kNg, a equipe fez o plant da C4 no bomb A e venceu o round, chegando ao matchpoint em 15-12.


Com uma boa atuação, os brasileiros fecharam o mapa em 16-12 e garantiram a sua primeira vitória na BLAST Moscou. O próximo jogo será às 16:15h contra a NiP, com transmissão nos canais oficiais da BLAST na Twitch.

 

Foto de capa: HLTV.org

Deixe seu comentário