Enfim chegou a última rodada do CBLoL. Um campeonato extenso que teve sua fase classificatória dividida em 21 rodadas disputadas pelas oito equipes mais fortes do cenário brasileiro.

O primeiro confronto do dia era importante para a Uppercut Esports. Contra a Redemption W7M os cangurus precisavam da vitória para se classificar às semifinais.

A Uppercut, com uma partida controlada, porém com seus altos e baixos, conseguiu vencer, assim impondo à paiN e a INTZ a responsabilidade de darem o seu melhor pela última vaga nos playoffs.

A segunda partida foi um “showmatch” de ambos os lados. Homenageando o modo Teamfight Tatics, o Flamengo Esports, que lidera o campeonato, jogou contra a já rebaixada Team One. Foram duas composições, Piratas para os golden boys contra Yordles para os rubro negros. Foi uma partida interessante, mesmo que não valesse de nada, que deu a vitória para a One.

Leia também

O showmatch de X1

Depois desta partida, mais um showmatch. O X1 2019 dos casters e convidados. O primeiro X1 foi entre Shaeppi x Tixinha. Shaeppi de Brand tentou dar um all in cedo contra a Syndra do Tixinha, que por fim venceu o primeiro confronto.

Em seguida, Dioud x Yetz, dois ex-jogadores profissionais de League of Legends, se enfrentaram no um contra um. O francês, por ser suporte, teve sua escolha de Morgana, enquanto que o Yetz foi para um Lucian, campeão de escolha segura. A vitória foi para o Yetz, deixando o confronto empatado.

Para o Team Mylon, a Tawna encarou o Melao13 do time Felipe. Em uma partida espelhada de Neeko, a diferença foi nos primeiros itens — Tawna com poção corrupta e Melao13 com Espada de Doran. A melhor ficou com Melão13, que venceu a partida. Assim o placar ficou 2×1 para o time Felipe.

No quarto embate do X1, Rakin x Loop. Rakin com um campeão amado por uns e detestado por outros, Zed. Já Loop, com uma atiradora, Caitlyn. Com uma bela jogada, Rakin dizimou Loop, deixando empatado o placar do X1.

Duas partidas, duas decisões

Depois do fim de mais um episódio do X1, a programação normal voltou. O jogo era Kabum Esports contra a CNB, que valia muito para a CNB, já que decidiria se tinha que jogar ou não a Série de Promoção.

Um começo de partida mais acelerado e bem disputado. Mas aos 23 minutos de jogo, o time de PBO e amigos foi derrotado. Depois da derrota para a Kabum, os Blumers terão que jogar a Série de Promoção para ver se fica ou se vai para o Circuito Desafiante.

Então chegou o último jogo e o mais importante da semana 11 do CBLoL. Um clássico, INTZ x Pain. O vencedor deste duelo tão aguardado mostraria quem iria para as semifinais.

A partida começou acirrada já na torcida, que ficou dividida meio a meio. No início da partida, o First Blood foi para a INTZ, depois de um avanço do suporte da Pain muito à fundo na selva do time inimigo.

A partida seguiu e foi decidida em detalhes, erros e decisões. Os dois times estavam muito cautelosos, trabalhando com suas táticas e os embates, com muito estudo de ambos os lados. Os detalhes de táticas começaram a fazer a diferença para a INTZ, conseguindo levar a primeira linha de torres da Pain.

A grande batalha

Foi nos 23 minutos de jogo que os intrépidos foram para cima, mas perderam um dos jogadores. Mesmo assim, quem correu foi a Pain, por estar muito danificada. Quando parecia ter acabado o jogo, dois minutos depois começou novamente, devido ao dragão vivo. A INTZ conseguiu separar o time da Pain e garantir o dragão. Logo após, ficaram com o barão.

Em uma última grande luta na rota do meio, a INTZ dizimou o time da Pain, venceu o confronto e chegou assim nos playoffs.

Agora, os Intrépidos pegam o Flamengo nas semifinais e a Uppercut tenta uma vaga na final contra a Kabum. As partidas serão em melhor de cinco (MD5) e acontecerá nos dias 24 e 25 de agosto. Os vencedores disputarão o título do segundo split do CBLoL 2019.

Confira como ficou os confrontos:

Semifinais

  • Jogo 1 (24/8 – sábado): Flamengo eSports x Uppercut às 13:00h
  • Jogo 2 (25/8 – domingo): KaBuM! e-Sports x INTZ e-Sports às 13:00h

A segunda etapa do CBLoL é transmitida através dos canais oficiais da Riot Games Brazil, no YouTube e na Twitch. Além disso, é possível assistir através do SporTV e pelo SporTV 3, na televisão (somente aos sábados).

Deixe seu comentário