Após ser rebaixada para o Circuito Desafiante 2020, a Team oNe e-sports pode estar voltando ao CBLoL, porém de forma indireta. Segundo informações apuradas pela ESPN Esports Brasil, a direção da organização estaria negociando um contrato para gerenciar a equipe de eSports do Flamengo, campeã da segunda etapa do CBLoL 2020. A parceria pode começar a valer ainda na primeira etapa do próximo ano.

Leia também

Gerenciamento do Flamengo

O rubro-negro teria recebido três propostas, mas optou por escolher uma que oferecesse um projeto mais seguro e estruturado para a organização. Caso o contrato seja assumido, a Team oNe assumirá a responsabilidade do Flamengo eSports, gerenciando toda sua equipe.

Equipe rubro-negra venceu a INTZ de virada e conquistou o 1º título do CBLoL. Foto: Divulgação/Riot Games

Entretanto, o Flamengo ainda ficará encarregado da responsabilidade contratual dos jogadores e seus direitos de imagem. Além disso, a Team oNe não herdaria a vaga no CBLoL.

Atualmente, todos os jogadores do Flamengo eSports estão com seus vínculos próximo do vencimento, encerrando em 18 de novembro, e não possuem destino estabelecidos.

Recentemente, o suporte Luci deixou a equipe logo após a eliminação no Mundial.

Luci foi o primeiro jogador a deixar o elenco rubro-negro após eliminação no Mundial. Foto: Divulgação/LoL Esports

Em julho, o Flamengo havia recusado uma proposta milionária de uma empresa norte-americana para cuidar da gestão do time e internacionalizar a marca. Na ocasião, foram oferecidos aproximadamente R$ 11 milhões por cinco anos.

A equipe é gerenciada hoje pela Go4It, responsável pelo Prêmio eSports Brasil, e outros cases de esports, como a criação da Submarino Stars e investimentos na equipe europeia G2 Esports (LEC).

Deixe seu comentário