Lançado há uma semana, Call of Duty Mobile começa a dar as caras no cenário competitivo. Enxergando o potencial do game, a Easy Trade anunciou nesta semana a primeira Pro League de CoD Mobile do Brasil. A competição terá início neste sábado (12) e vai reunir 16 equipes nacionais.

Os times vão lutar pela premiação de R$ 500 que será dada à organização vencedora, além de R$ 100 para o melhor jogador do campeonato. Apesar de ser apenas a primeira edição, a Pro League de Call of Duty Mobile vai reunir algumas equipes conhecidas do cenário de PUBG Mobile e Standoff 2, como Easy Target e Avengers.

Mesmo tendo a data do início da competição marcada, a Pro League de Call of Duty Mobile não irá seguir um calendário fixo. De acordo com Fagner Costa, um dos organizadores do evento, a previsão é que a competição não seja longa, mas haverá briga pelo terceiro lugar entre os times perdedores. As partidas serão narradas pelo streamer Germano e poderão ser vistas no canal da Pro League no Youtube.

Pro League de Call of Duty Mobile

Dezesseis equipes vão participar da competição. (Divulgação/Easy Trade)

Apesar de ser recém lançado, Call of Duty Mobile parece já ter desenhado o caminho para se tornar um dos maiores esportes eletrônicos para celulares. Além de equipes consagradas nos esports mobile, a Pro League também trabalha para garantir vaga em competições internacionais.

Ao The Clutch, Felipe Santos e Iury Abade, também organizadores da Pro League de Call of Duty Mobile, afirmaram que estão estudando a criação de um campeonato que reúna os vencedores das Pro Leagues realizadas na América do Norte e Europa.

“Por enquanto estamos realizando apenas um em cada região, no Brasil, América do Norte e Europa. Entretanto, no futuro faremos um torneio onde iremos reunir todos os campeões, mas tendo certeza que iremos focar em melhorar as equipes brasileiras”.

Responsável por divulgar as regras do evento, Nicolas Alexsander revelou que a organização se preocupou com as regras da competição. Isso porque o objetivo é fazer com que as partidas sejam equilibradas.

“As regras não vão permitir launchers e shotguns. Entretanto, poderá ter apenas uma sniper e LMG por equipe. O mesmo vale para as perks, que não poderão ser usadas a Fantasma e Abutre”, disse.

Por fim, Alexsander revelou qual o modo de jogo na Pro League de Call of Duty. Segundo ele, as partidas serão disputadas no Search and Destroy. O modo é semelhante ao Counter-Strike, onde os jogadores tem que plantar e desarmar a bomba. Para isso, serão utilizados três mapas: Crash, Raid e Firinge Range.

2 Comments

  1. Gostaria de saber quando vão surgir oportunidades de novas equipes ingressarem, tenho a minha line pronta com foco total no competitivo e jogando muito bem

  2. Gostaria de saber quando vão surgir oportunidades de novas equipes ingressarem, tenho a minha line pronta com foco total no competitivo e jogando muito bem

Deixe seu comentário