De acordo com um estudo feito pela Niko Partners, os esports mobile geraram mais de R$ 60 bilhões em faturamento no ano de 2018. A China foi o país que mais influenciou os números, com cerca de 15% da arrecadação total. Os jogos de PC tiveram faturamento de cerca de R$ 70 bilhões em todo o mundo no mesmo período.

Segundo o site, os fatores que ajudaram ao mobile crescer tanto no cenário dos esports foram:

  • Os celulares estão suportando todo tipo de jogo, graças a evolução dos processadores;
  • Os dispositivos móveis são mais acessíveis ao público. Hoje, existem cerca de 2.53 bilhões de jogadores mobile, enquanto PC e console, somados, contam com 1,5 bilhão de usuários;
  • Os jogos mobile são mais fáceis de aprender e, em sua maioria, são mais rápidos, o que incentiva qualquer pessoa a jogar;
  • O número de torneios de jogos mobile está crescendo muito, o que ajuda a divulgar e inflar o valor total das premiações. Além disso, grande parte desses torneios são locais e não exigem profissionalismo dos jogadores;

Veja também:

Para ajudar a entender melhor, a empresa responsável pela pesquisa também divulgou uma tabela detalhada de quanto cada jogo movimentou em 2017 e 2018:

Arena of Valor foi o jogo que mais movimentou dinheiro em 2018, seguido por Monster Strike e QQ Speed. A lista também mostra Clash of Clans e Clash Royale, dois jogos da Supercell, nas primeiras posições.

Enquanto a arrecadação do jogo de PC League of Legends diminuiu de $1,9 bilhões em 2017  para $1,7 bilhões em 2018, o Arena Of Valor lucrou cerca de $2,4 bilhões em 2017 e $2,5 bilhões em 2018. Isso prova, mais uma vez, que o mobile vem ganhando cada vez mais espaço no cenário dos esports.

Atualmente, as premiações dos torneios de esports representam cerca de 25% de todo o valor do mercado global dos jogos mobile e a tendência é que esse valor cresça ainda mais em 2019.

 

Imagem: Divulgação

Deixe seu comentário