A Team Liquid enfrentou a Evil Geniuses pela semifinal da DreamHack Montreal 2019, campeonato importante que vale vaga direta para o Six Invitational 2020.

Os brasileiros passaram pela G2 por 2-1 e LG por 2-0 na fase de grupos e derrotaram a Susquehanna Soniqs nas quartas de final pelo placar de 2-1.

Leia também:

Kafe Dostoyevsky: 7×2 Liquid

A Team Liquid teve a missão de derrotar a EG, um dos carrascos brasileiros no cenário mundial de Rainbow Six Siege. Iniciando no ataque, os brasileiros garantiram o primeiro ponto com boas eliminações contra os americanos (1-0).

No segundo round, Nesk pegou a primeira eliminação e mesmo sendo trocado, a Liquid conquistou boas kills. A EG ainda se recuperou e deixou Paluh em uma situação complicada contra 2 americanos, no entanto, o brasileiro conseguiu o clutch e aumentou a vantagem para 2-0.


No terceiro round, a Liquid fez um trabalho mais metódico no domínio de mapa, fazendo o avanço com paciência até estourar em uma rápida entrada no bombsite B e garantir o plant do desativador. Segurando o retake da EG, a Liquid fez 3-0.


No round 4, a Liquid fez a mesma estratégia do ponto anterior, conquistou a first kill contra Geoometrics e causou dano em dois jogadores da EG. nvK trouxe de volta, mas Nesk e S3xyCake fizeram as duas kills restantes e abriram 4-0.

Após abrir 5-0, a Liquid foi para o último round da primeira metade com muita confiança em cima dos americanos, que pareciam perdidos na defesa de Kafe. No entanto, após três kills de Modigga, a EG diminuiu para 1-5.


Na troca de lados, muringa fez a primeira kill derrubando a Zofia de nvK. A EG tentou se recuperar pegando algumas eliminações, mas Paluh e S3xy finalizaram o round (6-1).


Com o map point em mãos, a Liquid estava próxima de conquistar o primeiro jogo. A EG aumentou o ritmo com uma entrada mais rápida, fazendo o domínio do primeiro e do segundo andar, o que dificultou a situação para os brasileiros, que perderam o round (6-2).

A EG repetiu o método, mas muringa com uma C4 fez a first kill. Os americanos logo fizeram o refrag, mas a Liquid, com 3 eliminações de PSK1, venceu o mapa por 7-2.

Consulado: 7×3 Liquid

Os operadores banidos foram Nomad e Maestro pela Liquid e Mira e Capitão pela equipe da Evil Geniuses. Os brasileiros iniciaram o mapa na defesa e fizeram um round mais seguro, para forçar a EG a gastar os utilitários e perder tempo. Com uma boa defesa e um teamplay muito sólido, a Liquid garantiu 1-0.


Após trocar round, a Evil Geniuses se recuperou e empatou em 2-2 o placar da partida, deixando o confronto acirrado, mas que depois, a Liquid recuperou com um bom round da defesa, 3-2.

No último round da primeira metade, a Liquid fez o domínio pelos dois andares com a defesa, mantendo a equipe espalhada pelo mapa para cortar as rotações da EG. Paluh acabou perdendo a trocação no segundo andar, mas com muita info, a Liquid fez um belo trabalho com Nesk muito bem posicionado, que fez duas eliminações no bombsite e seus companheiros finalizaram o round, deixando o placar em 4-2.


No lado de ataque, a Liquid rapidamente dominou o mapa, com a EG fazendo um jogo mais recuado, esperando pelo avanço dos brasileiros no bombsite. Yung foi eliminado mas a EG logo trocou a kill. Depois de fazer o plant do desativador, os americanos foram forçados a fazer o retake, sendo dizimados pelos brasileiros na tentativa (5-2).


A Evil Geniuses, em uma defesa muito bem postada no segundo andar, conseguiu diminuir o placar para 3-5.

No round 9, Geoometrics pegou a primeira kill, mas S3xy rapidamente trocou com seu Thermite no rapel. Depois de muitas trocas de eliminações, a Liquid negou o clutch de Necrox e fez 6-3, ficando a apenas um ponto de garantir vaga na final da DreamHack.


Com o match point, a Liquid começou bem, com muringa fazendo a primeira kill. A EG trouxe de volta, mas Nesk fez mais duas eliminações para trazer a vantagem novamente. Com muito foco, os brasileiros fecharam a partida por 7-3 e conquistaram vaga na grande final.


A Liquid agora jogará contra o vencedor de TSM e BDS, às 17:25h no horário de Brasília. A transmissão será no canal do Zigueira e do Rainbow6 na Twitch. Lembrando que o vencedor garantirá vaga no Six Invitational 2020.

 

Foto de capa: DreamHack

Deixe seu comentário