Em seu segundo jogo pela BLAST Pro Series: Moscow, a MIBR enfrentou a Ninjas in Pyjamas em uma MD1 no mapa da Train, assim como no primeiro jogo.

O elenco havia vencido a Natus Vincere anteriormente por 16-12, enquanto a NiP venceu por 16-12 o time da AVANGAR na Overpass.

Leia também:

Mais uma Train para os brasileiros

O início da partida foi muito positivo para a MIBR, que com uma boa defesa no bombsite A, garantiu o pistol round, abrindo o placar em 1-0.

Após o pistol bem sucedido para os brasileiros, a MIBR abriu 3-0 ao vencer o primeiro armado da partida, colocando pressão em cima dos suecos.


Entretanto, a NiP diminuiu a vantagem para 3-1 depois de realizar uma rápida entrada no bombsite B, não dando chances do elenco verde e amarelo efetuar uma defesa bem definida.

No quinto round, LUCAS1 tentou um avanço no fundo, mas foi percebido por REZ e eliminado. Na sequência, a MIBR ficou em uma situação de retake com o plant bem sucedido da NiP no bomb A. Após trocar kills, os brasileiros preferiram guardar os equipamentos e ter uma vantagem no armamento para o próximo round (3-2).

Em uma entrada rápida na B, o time sueco fez o plant da C4 e garantiu a defesa da bomba, para empatar a partida em 3-3.


No sétimo round, FalleN fez a primeira kill em um avanço no fundo, mas a NiP logo efetuou a troca e pressionou a MIBR plantando a C4 no bomb A. Segurando a tentativa de retake, os suecos viraram para 4-3.

Continuando com um TR muito bem encaixado, a NiP abriu 7-3 no placar e dificultou a vida dos brasileiros na partida, que não conseguiam dominar os espaços do mapa.

A MIBR se recuperou com dois rounds em sequência, mas a Ninjas in Pyjamas voltou a pontuar e venceu a primeira metade pela parcial de 9-6.


No segundo pistol, os brasileiros fizeram uma estratégia de entrada no bombsite B e com boa eliminações, diminuiram a vantagem da NiP para 9-7.


Depois de conquistar o ponto seguinte, a MIBR empatou a partida em 9-9 ao vencer contra um round forçado por parte dos suecos.


No décimo nono round, após kNg ser eliminado, a MIBR fez um trabalho mais metódico para entrar no bombsite A nos últimos segundos. Mas, a defesa sueca foi muito sólida e negou a tentativa de domínio dos brasileiros, voltando a liderar o placar em 10-9.

Após perder dois rounds em sequência, a MIBR voltou a pontuar com boas kills efetuadas na entrada do bombsite B, para diminuir a vantagem da NiP para 12-10.


Os Ninjas aumentaram para 13-10, mas a MIBR, em uma rápida entrada no bombsite A, conquistou boas eliminações e logo diminuiu a vantagem novamente, em 13-11.


Depois de conquistar o 12º ponto, a MIBR fez mais um round muito bem executado no bombsite A, empatou a partida em 13-13 e jogou a pressão novamente nas costas do elenco sueco.

Em seguida, boas kills de LUCAS1 abriram espaço para o bombsite B e os brasileiros viraram a partida para 14-13.


Mesmo com a MIBR chegando ao matchpoint em 15-13, a NiP buscou o jogo e empatou em 15-15. Assim, ambos os times terminaram a sua segunda partida na BLAST Pro Series: Moscow com um recorde de 1 vitória e 1 empate.


O próximo jogo dos brasileiros será amanhã (14), às 7:30h, contra a ENCE, com transmissão nos canais oficiais da BLAST e do Gaules na Twitch.

Foto de capa: HLTV.org

Deixe seu comentário